Resumo das Lições do IV Trimestre da E.B.D

Ontem foi o último resumo do ano da Escola Dominical, uma benção como sempre. Desculpem-me pela demora em postar a apresentação, mas aí está, aproveitem-a.

” De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho?

…Observando-o segundo a tua palavra. Salmo 119.9″

As críticas ao evangelho são constantes e levam muitos à dúvidas sobre o caminho que estão seguindo. Logo, comecei a perceber o quão ruim é ser cristão sem ter o conhecimento da palavra de Deus, simplesmente porque a nossa fé é alicerçada pela palavra e se não a temos, defender e seguir algo que mal conhecemos torna-se hipócrisia. O Salmo 119.104 nos ensina o seguinte: “ Pelos teus mandamentos, alcancei entendimento; pelo o que aborreco todo o falso caminho .”

Atualmente preocupados com o vestibular, vida pessoal, emprego dentre outras ocupações dizemos não ter tempo para ler a Bíblia, mas a falta de tempo é resultado da falta de organização de prioridades, fazemos coisas que não deveríamos estar fazendo e assim perdemos horas que poderiam ser melhores aproveitadas.

Dessa forma, a minha vontade é traduzida pelo Salmo 119.33: “Ensina-me, SENHOR, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até ao fim.”, pois no nosso cotiano recebemos tantas influências que se não tivermos uma opinião firme acabamos prejudicados, não quero dizer para sermos fechados a qualquer tipo de opinião, mas para que saibamos filtrá-las. Nessa situação a palavra de Deus nos instrui a lê-la pelo seguinte motivo : Filipenses 2:15 “ para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandecereis como astros no mundo.”

Com tanta violência [espiritual], algumas pessoas começam a ter transtornos mentais ou comportamentais como os apresentados na última edição de fim de semana no Jornal Folha de São Paulo. Conhecer a palavra de Deus também é estar vivificado, segundo os versículos 50 e 107 do capítulo 119 do livros do Salmos: “ Isto é a minha consolação na minha angustia, porque a tua palavra me vivificou” e “Estou aflitíssimo, vivifica-me, ó Senhor segundo a tua palavra.”

Ser cristão é também conhecer o Seu caminho.
Apocalipse 1:3 “ Bem–aventurado aquele que lê…”

Primeira vez: Esclarecimentos.

Abaixo segue um artigo sobre como a sexualidade é tratada no séc. XXI  na vida dos adolescentes, seja você cristão ou não é bom que tenha esse assunto bem esclarecido antes de fazer qualquer coisa. (Fonte: Ministério Face a Face)

“Fato 1– Deu na revista Capricho em outubro/2002: as pressões da “turma” estão levando muitos adolescentes a iniciarem sua vida sexual com garotas de programa, prostitutas. A reportagem inclui relatos de quem transou pela primeira vez num bordel ou em “festinhas” particulares. E de quem foi levado a fazer isso pelo próprio pai, ou até pela mãe.

Fato 2– Há alguns dias, a revista Veja publicou uma matéria sobre a novela Laços de Família e usou como base dois “exemplos” de mães representados na trama: a Helena, que ficou grávida para tentar salvar a filha, e a Capitu, que se prostitui para ganhar dinheiro e garantir uma vida de mordomias e bem estar ao filho.

Fato 3– Uma outra reportagem, desta vez, na televisão, mostra que alguns pais do século XXI já admitem que os filhos durmam com suas namoradas, ou vice-versa, dentro de casa.

Fato 4– Uma propaganda do governo de prevenção à AIDS mostra um filho entregando uma camisinha ao pai, caso ele mantenha uma relação extra-conjugal.

Cada um desses é um caso isolado, mas revelam a mesma coisa: a sexualidade deixou de ser tabu e é tratada com muita naturalidade. A prostituição está ganhando ares de necessidade ou simples opção de vida. Assim como o homossexualismo, as relações extra conjugais, a vida sexual ativa de casais de namorados, a pornografia. Avanço? O fato de se falar de sexo sim, mas não a maneira como ele é encarado… ” (leia mais)

“Faça a si mesmo um desafio. Um desafio de não ser levado pelas pressões, mas pelo Espírito Santo de Deus. Peça para que Ele te conduza, e deixe-se conduzir.

Queira ser diferente. E tenha certeza: Deus está do seu lado! Torcendo pela sua “primeira vez””

Por que as pessoas gritam ?

Um sábio disse:

– O fato é que quando duas pessoas gritam é porque, quando estão aborrecidas, seus corações estão muito afastados. E, para cobrir esta distância, precisam gritar para que possam escutar-se mutuamente. Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão de gritar, para que possam ouvir umas às outras, por causa da grande distância.

E continuou o sábio:

– Por outro lado, quando duas pessoas estão enamoradas, não gritam; falam suavemente. Por quê? Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. As vezes, seus corações estão tão próximos que nem falam, somente sussurram. E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, o que basta. Seus corações se entendem. E justamente isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui, dizendo:

– Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará o dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta.

Pela longanimidade se persuade o príncipe
e a língua branda amolece até os osso.
Provérbios 25.15

(Fonte: Pregador)

O crescimento exponencial de “Igrejas”

“Atualmente existem no Brasil mais de 4500 denominações evangélicas.

Será que esse número “excessivo” de denominações demonstra o crescimento da Igreja de Cristo em nosso país?

Claro que cada denominação tem a sua história de fundação e crescimento. Nascida através do desejo missionário de dois jovens europeus a A.D no Brasil possui uma história rica e emocionante. No entanto nem todas as denominações evangélicas possuem tão bela história…” (leia mais)

Velhice, respeite!

Um velho trabalhou a vida inteira. Ao aposentar-se, comprou  uma fazenda  – para que seu filho a administrasse – e  resolveu  passar o resto de seus dias na varanda da casa principal. O filho trabalhou durante três anos. Então começou a ficar com raiva.

“Meu pai não faz nada”, comentava com seus amigos. “Passa sua vida olhando o jardim, e me deixa trabalhar como um escravo, para que eu possa alimentá-lo.”

Um dia, resolveu acabar com a situação injusta. Construiu uma grande caixa de madeira, foi até a varanda, e disse: “Papai, por favor, entre aí”.

O pai obedeceu. O filho colocou a caixa em seu caminhão, e foi até a beira de um precipício. Quando se preparava para jogá-la lá embaixo, escutou a voz do pai: “Meu filho, pode atirar-me do despenhadeiro, mas guarde a caixa. Você está dando o exemplo, e seus filhos, na certa, vão precisar usá-la com você”. (Fonte: Pela Sombra)

Há um tempo determinado para tudo.

Paciência O grande escritor grego Nikos Kazantzakis (“Zorba, o Grego”) conta que, quando criança, reparou num casulo preso a uma árvore, onde uma borboleta preparava-se para sair. Esperou algum tempo, mas – como estava demorando muito – resolveu acelerar o processo, e começou a esquentar o casulo com seu hálito. A borboleta terminou saindo, mas suas asas ainda estavam presas, e terminou por morrer pouco tempo depois. “Era necessária uma paciente maturação feita pelo sol, e eu não soube esperar”, diz Kazantzakis. “Aquele pequeno cadáver é, até hoje, um dos maiores pesos que tenho na consciência. Mas foi ele que me fez entender o que é um verdadeiro pecado mortal: forçar as grandes leis do universo. É preciso paciência, aguardar a hora certa, e seguir com confiança o ritmo que Deus escolheu para nossa vida”. (Fonte : Pela Sombra)

Categorias:Reflita Tags:, ,